domingo, 27 de maio de 2012

-E essa página em branco garota?
-Ela tá aí ué?
-Posso escrever algo?
-Pode não senhor! Ela boa assim mesmo.
Sempre gostou da cor, de todas pra ser mais exata. Não basta os rabiscos em branco que a mesma faz, pra ninguém ver o que tem ali?
Uma página só é suficiente, assim há poucos, assim há nada pra qualquer um, muito pra própria.
Qualquer sorriso alheio pode ser registrado em branco, depois ela passa por cima mesmo, escreve num outro branco que só ela saiba.
É puro mistério, já que gosta assim!